sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Memória dos grandes e gloriosos exemplos de sensibilidade social





(via 31 da Armada)


PÚBLICO, terça-feira, 14 Setembro 2010, às 00h00

O Governo de Cuba vai avançar com o despedimento de "pelo menos" 500 mil funcionários dos quadros estatais durante os próximos seis meses e permitir que esses trabalhadores se dediquem a outras actividades no sector privado, anunciou ontem a Central de Trabalhadores de Cuba (CTC), a federação oficial de sindicatos do país.


1 comentário:

Antonio Cristovao disse...

já vão muito tarde, apenas recuperável se a oposição não for a sarjeta que tem sido. preparar os cidadãos para a abertura é uma tentativa desesperada que deve ser feita para não serem trucidados pelos interesses bem tarimbados na concorrencia de mercado. as riquezas vão voar como falcões; e até se adivinha para onde.