quinta-feira, 31 de outubro de 2013

“E o burro sou eu…?”


Nicolau Saião, O burro sábio


O presidente da Venezuela acredita que viu a cara de Hugo Chávez refletida numa rocha durante a escavação do metropolitano de Caracas. Nicolás Maduro veio a público mostrar algumas fotos onde diz que consegue ver o seu antecessor.

«Vejam esta figura que apareceu aos trabalhadores. Podem perguntar-lhes. (...) É uma cara. E quem está nesta cara? É um olhar, o olhar que está em todos os lados, inclusivamente nos fenómenos sem explicação. (...) Para que vejam que o que dizemos é verdade - Chávez está em toda a parte, Chávez somos todos nós», sublinhou o atual presidente da Venezuela.

Esta não é a primeira vez que Nicolás Maduro diz ter presenciado uma aparição do ex-líder venezuelano, que morreu dia 5 de março, vítima de cancro. Durante a campanha para as eleições presidenciais, o atual presidente da Venezuela revelou que um passarinho que o acompanhara durante uma oração era o espírito de Chávez e assumiu também ter feito reuniões governamentais junto ao túmulo do antigo líder.


(Da imprensa internacional)


Evidentemente que os líderes como Chávez podem aparecer onde lhes der na gana. E dentro em breve começará a fazer milagres, como certas personagens fideístas como as que nós bem conhecemos dos livros sagrados, dos relatos de pequenos videntes, etc.

Por enquanto o ambiente pró-popular, naquele grande país irmão do anterior governo socrático (“Mi casa és tu casa”, recordam-se?) cifra-se neste aparecimento e no simultâneo desaparecimento de inúmeros bens essenciais das lojas e outros locais de venda…

Maduro sabe o que faz (e o morto-vivo também). Espera-se que os índices de aparições vão subindo graciosamente, acompanhando o progresso e o bem-estar que se poderá adivinhar…milagrosamente.

Contra factos (a governação inspirada de um vivente apoiada por um defunto muito operacional) não há argumentos.

 Mesmo de tipo freudiano. E o resto é conversa!

5 comentários:

Anónimo disse...

Ke Nos'senhora de Fátima os ajude!

Bilbo

Antonio Cristovao disse...

o resto é conversa com cheiro a grande petroleo e muita corrupção e imprensa de sarjeta. saiu-lhes a sorte grande com este incompetente Maduro ,vai-lhes cair no colo o petroleo que há anos andam a minar pela incivel escolha dum palerma.
havemos de acompanhar as vidas dos venezuelanos normais e tirar melhor as conclusoes daqui a uns anos sobre Chavez e a sua politica para as pessoas normais.

ora viva disse...

António Cristóvão:

O que são pessoas normais?

ora viva disse...

Serão pessoas como o António Cristóvão?

Anónimo disse...

Ai a porra! Pessoas normais são pessoas como o Chavez, que na semana da derrocada rezava a deus pai sendo marxiano ou socratino ou que carago era e o Maduro, que vê o Chavez aparecer-lhe sob a forma de um pardal sulamaricano ou numa rocha das caves do metro. Isso é que é normalidade verdadeira. O Cristóvão deve de ser apenas um normal comuna de extração portuga. Ou um cómico normalizado.

Pitufa Paredes